Pesquisar este blog

terça-feira, 16 de novembro de 2010

CASA DE ASSOMBRAÇÃO

Daniel era um homem que não acreditava em espíritos. Ele tinha 18 anos de idade e morava sozinho, numa casa antiga que havia herdado da avó. Um dia Daniel estava no quarto assistindo a um filme de comédia, quando ouviu um passo no chão de madeira solta, mas ele não ligou. Quando uma parte do filme é legal, ele começa a rir e a televisão desliga e na porta aparece uma mulher com o cabelo preto e com limo na roupa branca. Um segundo depois, ela sai da porta. Ele fica muito assustado. Na cozinha a chave do carro cai do balcão enquanto Daniel estava dormindo. De manhã quando ele acorda e vai pegar a chave para ir à venda comprar pão, ele fica se perguntando como a chave foi parar no chão. Nessa hora, algo dá a descarga e ele vai até o banheiro, olha no chão e vê um bilhete. No bilhete estava escrito: “Eu quero você.” Daniel fica muito assustado com aquilo e pensa em ir embora dali. Mas algo entra no corpo dele e ele começa a dizer que vai ficar, se deita na cama e dá uma risada. No outro dia ele acorda e não se lembra do que aconteceu, ele olha na porta e vê uma sombra. À tarde, ele bota um monte de talco no chão e vai dormir. Quando acorda, vê pegadas no chão. São pegadas de três dedos. Ele segue essas pegadas, que param no sótão. Lá ele encontra uma foto de quando ele era pequeno, toda queimada. Mas tarde ele começa a se bater e de repente, alguma coisa o joga contra a parede. Ninguém mais teve notícia de Daniel. Na parede estava escrito em sangue: “O próximo é você”.
Essa história foi um fato real ocorrido nos Estados Unidos em 1996. Ezequiel escreveu esta história na escola com 14 anos, em 2010.

Autor: Ezequiel Correa Figueredo

11 comentários: